VOLTAR

Brasil investiga tiros na frontiera colombiana

O Globo (Rio de Janeiro-RJ)
07 de mar de 2002

O ministro da Defesa, Geraldo Quintão, disse não ser possível confirmar se o grupo que em 26 de fevereiro trocou tiros com militares do Exército brasileiro no Rio Apaporis era formado por guerrilheiros das Farc. Existe a suspeita de que o grupo que entrou em confronto com o exército seja o mesmo que teria, há semanas, agredido índios brasileiros na fronteira com a Colômbia.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.