VOLTAR

Linhão de Guri estará pronto este mês

Folha de Boa Vista
26 de jun de 2001

O Consulado da Venezuela em Roraima não confirmou a data de inauguração das obras do Linhão de Guri. No momento, os técnicos da Edelca (Eletrificação Del Caroni) ainda estão instalando postes e cabos nas áreas que tinham problemas com indígenas, dentro do parque Canaima.
O cônsul Luís Matute Medina disse que as obras deverão ser concluídas no final do mês, quando as linhas de transmissão entrarão em fase de testes pela Eletronorte e Edelca, empresa estatal ligada à Corporação Venezuelana de Guayana.
"Até o final deste mês deverá estar tudo pronto para a obra ser inaugurada, em uma data ainda a ser confirmada pelos presidentes do Brasil, Fernando Henrique Cardoso, e da Venezuela, Hugo Chàvez, que vão sinalizar com a programação", destacou.
Os técnicos responsáveis pela obra do lado venezuelano estão encerrando a instalação de postes e cabos junto às áreas onde houve vários conflitos envolvendo algumas comunidades indígenas, localizadas dentro do território venezuelano, que são contra a construção do linhão de Guri.

Segundo Luís Matute, a linha de transmissão envolve uma área de aproximadamente 50 quilômetros entre as populações de São Rafael e São José de Kamoiran. "Só após concluir essa fase é que a obra deverá entrar em fase de testes", ressaltou.
Quanto à chegada efetiva da energia em Boa Vista, o cônsul da Venezuela informou que tão logo os presidentes brasileiro e venezuelano inaugurem as obras, a população em Roraima poderá usufruir do benefício ainda neste ano.
Apesar de ter mantido contato, a Folha não conseguiu falar com o técnico responsável pelas obras no lado brasileiro. Uma das secretárias informou que ele não poderia prestar informações porque estava em reunião sem hora para terminar.
Em anúncio no último dia 29 de maio, o Governo do Estado disse que as linhas de transmissão da energia de Guri iriam entrar em fase de testes no dia 30 de junho, quando as obras seriam concluídas pelos técnicos do lado venezuelano

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.