VOLTAR

Santana discorda e afasta-se

O Estado de S.Paulo (São Paulo - SP)
29 de dez de 1976

Sertanista José do Carmo Santana pede afastamento do cargo na direção do P do Aripuanã por não concordar com a política imposta pelo diretor do Departamento de Operações da Funai. Ele denunciou a situação precária em que vivem o povo Suruí Paiter na região da BR Cuiabá-Santarem. Santana também critica o novo traçado da TI Sete de Setembro, que deixa os indígenas muito próximos dos posseiros.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.