VOLTAR

Exército apura sevícias contra índios

Folha da Tarde (São Paulo - SP)
29 de mar de 1968

O comandante da Colônia Militar de Tabatinga informou que os índios Ticuna foram torturados num vilarejo junto à foz do rio Tacana. Além disso, o major Luís Leal afirmou que ouviu as denúncias recebidas dos próprios índios. Segundo o major, os Ticuna tinham suas mulheres seviciadas depois de serem alcoolizadas. Os responsáveis são Jordão de Almeida, dono do vilarejo e explorador de borracha, e seu filho, Leandro Almeida.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.