VOLTAR

Índios Ikpeng realizarão assembléia para definir vinda a Brasília

Agência Brasil
Autor: Marcos Chagas
23 de fev de 2008

Os índios da etnia Ikpeng, no norte do Mato Grosso, que mantêm como reféns12 pesquisadores e funcionários da Fundação Nacional do Índio (Funai), realizarão hoje (23) uma assembléia para decidir quantos representantes da tribo virão à Brasília negociar com a direção do órgão a libertação dos reféns. Pelo acordo fechado com a Funai, uma delegação dos Ikpeng chegaria neste sábado à capital.

De acordo com a assessoria de imprensa da Funai, os servidores e pesquisadores estão bem. Eles são mantidos pela tribo como reféns desde a quarta-feira (20). Os Ikpeng querem negociar com a fundação o ressarcimento a ser pago pela construção de uma hidrelétrica de pequeno porte no rio Culuene, afluente do rio Xingu.

Ainda segundo a assessoria, a tribo considera este rio sagrado. Os técnicos foram detidos quando realizavam estudos sobre os impactos ambientais que a obra poderia causar.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.