VOLTAR

Governo estuda demarcação de quilombos

Jornal do Brasil (Rio de Janeiro - RJ)
30 de out de 1994

O governo começou a discutir a situação dos núcleos rurais onde vivem populações remanescentes de quilombos, para demarcar essas terras. A situação vem sendo acompanhar pela Fundação Palmares, do Ministério da Cultura, que promoveu esta semana o 1o Seminário Nacional de Comunidades Remanescentes de Quilombos. A grande preocupação tem sido o quadro de indefinição fundiária das áreas onde os quilombolas vivem. Até agora, nenhuma comunidade negra remanescente de quilombo recebeu título definitivo da terra com base na C.F de 1988.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.