VOLTAR

Tribunal Russell faz 14 acusações

Jornal do Brasil (Rio de Janeiro - RJ)
01 de dez de 1980

Em seu encerramento, o 4o Tribunal Bertrand Russel, que teve como seu presidente o cacique Mário Juruna, acusou os governos de países das Américas, autoridades regionais, organizações religiosas e outras entidades. O júri denunciou casos de genocídio e etnocídio cometidos no Canadá, Estados Unidos e nas Américas Central e do Sul. A construção de uma estrada impactando os índios Nambikwara do Brasil foi uma das denúncias.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.