VOLTAR

Sertanista não admite crítica feita pelo Cimi

Folha de S.Paulo (São Paulo - SP)
25 de jun de 1977

O diretor da Funai em Bauru, Álvaro Villas Boas, afirmou que o Cimi é uma "baderna dirigida por reacionários", após a publicação de uma nota oficial do Conselho que denuncia a situação precária em que vivem os povos indígenas da região de Guararapes, em função da má administração dos recursos financeiros da Funai. O sertanista negou a denúncia.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.