VOLTAR

Sertanista comprova uso de coca

Jornal do Brasil (Rio de Janeiro - RJ)
08 de ago de 1974

O uso de coca é comum entre os índios Waiká da região da Perimetral Norte, especialmente como estimulante nas atividades que exigem esforço físico. O sertanista Francisco Bezerra de Lima, que comprovou a utilização, tinha mantido sigilo por temer a maneira como o assunto seria tratado. Antropólogos da Funai também preferiram silenciar pois defendem o uso pelos indígenas, já que se trata de um traço cultural que não se revelou prejudicial a saúde deles.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.