VOLTAR

Sem explicar, Funai decide punir Terena

Folha de São Paulo (São Paulo-SP)
12 de ago de 1981

Marcos Terena, presidente da Associação das Nações Indígenas, foi surpreendido ao voltar do Equador, onde participou de congresso internacional das nações indígenas da Região Amazônica. A Funai, sem qualquer consulta, transferiu sua matrícula escolar de Brasília para Campo Grande (MS) e anunciou que não pagará mais nem hospedagem nem alimentação na Casa do Ceará, onde reside Marcos.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.