VOLTAR

Reunião sobre extração do mogno quase acaba em briga

Diário do Pará (Belém - PA)
28 de nov de 1992

A entrevista coletiva, convocada pela Assessoria de Imprensa do Greenpeace, com o coordenador da Companha de Florestas Tropicais da instituição, para fazer esclarecimentos sobre a denúncia de extração predatória de mogno na Amazônia, transformou-se em uma discussão que por pouco não virou uma grande briga entre personagens do Greenpeace, da Federação das Indústrias do Pará, presidente do Sindicato de Madeireiros de Belém e o diretor executivo do Núcleo de Direitos Indígenas.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.