VOLTAR

Reservas extrativistas são alternativas ao desmatamento

Jornal do Brasil
Autor: Ricardo Arnt
28 de fev de 1988

O governo do Acre acaba de criar a primeira Reserva Extrativista do país, uma área de 39 mil hectares, que torna realidade um conceito defendido por seringueiros, ambientalistas e pesquisadores do Brasil e do exterior.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.