VOLTAR

Rangel hoje com os Carajá

O Estado de São Paulo
12 de jun de 1976

O ministro Rangel Reis, do Interior, voltará da Ilha do Bananal com um quadro real das condições de vida de quase 1.800 índios Karajá que vivem na região. De acordo com denúncias contidas em relatório da Funai, a missão Adventista de Sétimo Dia que trabalha na ilha seria responsável pelo estado de subnutrição dos índios, pois os obrigaria a não comer alimentos substanciais, "por motivos religiosos".

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.