VOLTAR

Os tupiniquins ainda na área da Aracruz

O Estado de S.Paulo (São Paulo - SP)
10 de mai de 1979

A empresa Aracruz Celulose reagiu com diálogo à ocupação de uma floresta realizada por indígenas Tupiniquim, Guarani e Karajá. Os indígenas alegam que estão retomando suas terras, doadas por Dom Pedro II e detêm documento que comprove isso. Já a empresa afirma que comprou aquela terra e também detém um documento de posse. Entre os índios, há alegria diante da possibilidade de se instalarem em suas terras.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.