VOLTAR

Não há genocídio do dócil nativo

O Estado de S.Paulo, p. 20 (São Paulo - SP)
09 de nov de 1972

Quarta e última parte da série de reportagens "O indígena no Brasil". Essa matéria sugere que a violência dos povos indígenas é consequência do contato indiscriminado e genocida imposto pelos não-indígenas. Aborda ainda a situação dos povos Gavião, Cinta Larga e Waimiri Atroari da perspectiva da história do contato entre índios e não-índios.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.