VOLTAR

Ministério diz que não acusou no caso SPI

Jornal do Brasil (Rio de Janeiro - RJ)
28 de mar de 1968

O Ministério do Interior negou, por meio de uma nota, que a comissão de inquérito que investiga o assassinato de índios e roubos no extinto Serviço de Proteção aos Índios tenha acusado o ex-diretor, major Luís Vinhas Neves. Além disso, a nota também afirmou que o ministro do Interior, general Albuquerque Lima, nunca fez "insinuações ou declaração de sentido pessoal em tôrno do assunto". A reportagem possui a íntegra da nota em questão e realiza um panorama do caso.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.