VOLTAR

Matadores de índios impunes

O Estado de São Paulo (São Paulo - SP)
15 de abr de 1970

O comandante do massacre dos nove índios Waimiri Atroari, embora tenha confessado, não será punido.

A Funai e a Polícia Federal conseguiu com que 2 dos 6 caçadores envolvidos no conflito confesassem (entre eles o mandante), mesmo com estas evidências, o Procurador da República em Manaus optou pelo arquivamento do processo e foi atendido pelo juiz Federal.

Notícia fala também que em julho ficará pronta a 1ª lei brasileira regulamentando os direitos dos indígenas e que ela garantirá, ao menos juridicamente, proteção para que suas terras não sejam invadidas.

Para a elaboração desta lei o ministro do interitor solicitou a um professor que fizesse um anteprojeto, no qual definiria a noção de índio.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.