VOLTAR

Ismarth rebate a "desconfiança"

Folha de S.Paulo (São Paulo - SP)
13 de dez de 1973

Para o general Ismarth, presidente da Funai, os protestos contra o projeto de emancipação indígena são frutos da desconfiança de certos grupos em relação às intenções governamentais com a política indigenista. Ismarth também falou sobre a demissão do sertanista Olímpio Serra, que atuava como diretor do PI do Xingu.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.