VOLTAR

Inglês prevê o fim dos índios

O Estado de S.Paulo (São Paulo - SP)
08 de jul de 1971

De acordo com o antropólogo inglês Robin Hanbury-Tenison, os indígenas brasileiros estão condenados a desaparecer dentro de dois anos, caso não contem com ajuda financeira e técnica internacional. De acordo com ele, que não enxerga genocídio nas políticas oficiais, o que está ocorrendo é um erro no sistema adotado pelas autoridades governamentais, que estão apostando na aceleração do processo de integração dos povos indígenas. Para Hanbury-Tenison, a solução é criar novos parques indígenas, a exemplo do Parque Indígena do Xingu.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.