VOLTAR

Índio atacado na fronteira com o Peru

O Estado de São Paulo
02 de dez de 1981

O índio Minanco, integrando do grupo Kampa (Ashaninka) que habita as cabeceiras do rio Envira, na fronteira do Acre com o Peru, foi atacado por outros índios nas proximidades de sua aldeia, e atingido por vários tiros de espingarda e rifle. No Alto Tarauacá também seringueiros já foram atacados muitas vezes e dizem tratar-se de índios Kaxinawá.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.