VOLTAR

A idéia do ministro provoca um calafrio no antropólogo

O Estado de S.Paulo (São Paulo - SP)
20 de mar de 1977

A reportagem traz informações detalhadas sobre a mesa redonda que ocorreu no dia 07 de março de 1977 sobre a reformulação do Estatuto do Índio, da qual participou o ministro do Interior Rangel Reis, o presidente da Funai general Ismarth, o antropólogo Egon Schaden, o padre Antônio Iassi e o advogado Romildo Carvalho. Além disso, a reportagem traz opiniões de antropólogos(as) sobre questões polêmicas que vêm sendo muito discutidas, como a emancipação indígena, a posse da terra indígena, a tutela dos índios pela Funai, entre outras.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.