VOLTAR

Funai confirma 20 mortes no massacre

O Estado de São Paulo - SP
06 de set de 1980

A Funai confirmou, ontem, as 20 mortes decorrentes do conflito entre os índios kayapó, do subgrupo Gorotire, no Pará, e os moradores da fazenda Espadilha.
O sertanista Apoena Meirelles, delegado da Funai em Rondônia, atribuiu os massacres ao fato das lideranças indígenas estarem cansadas de esperar soluções para as invasões em suas terras e, também, à maior conscientização dos índios sobre os limites de suas reservas. Ele alerta que também há possibilidade de conflito na reserva suruí.
A notícia menciona também o agravamento do conflito entre os Tembé e os posseiros, que queimaram o posto da Funai.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.