VOLTAR

Fazendeiros são acusados de tramar extermínio de índios

O Dia
20 de mai de 1982

O presidente do Sindicato Rural de Itaju do Colônia, Luciano Messias Galvão, desmente as denúncias da antropóloga Maria Hilda Paraíso, e do delegado da Funai Carlos Roberto Grossi, que afirmaram que os fazendeiros de Pau-Brasil e Itaju do Colônia estariam planejando e ameaçando atacar, e mesmo matar, índios pataxó hã-hã-hãe que retomaram parte de suas terras nesses municípios. O presidente do Sindicato é um dos fazendeiros ocupantes da Reserva Indígena.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.