VOLTAR

Extinção tecnológica

ISTOÉ (São Paulo - SP)
17 de jan de 1979

A atual situação do Parque Nacional do Xingu é um quadro de infortúnios do ponto de vista material e cultural. A falta de assistência de saúde, a irrupção do sarampo, a falta de alimento, a presença de uma série de maquinários e tecnologias são extremamente criticadas pelo atual diretor do Parque, o sertanista Apoena Meirelles e pelos irmãos Villas Boas. Essa situação teria se intensificado durante a direção de Olímpio Serra.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.