VOLTAR

Escritor diz no Tribunal Russell que salesianos exterminam índios

O Globo (Rio de Janeiro - RJ)
26 de nov de 1980

Em seu depoimento, o escritor Márcio de Souza afirmou que os salesianos que atuam no Rio Negro executam, melhor do que a Funai, a política de extermínio dos índios. A acusação de que os salesianos segregam e doam mulheres indígenas como empregadas domésticas também foi mencionada pelo escritor. Denúncias a respeito da venda ilegal de terras indígenas, desmatamentos praticados por empresas agropecuárias e problemas com a Funai, referentes à saúde e demarcação de terras, também foram apresentadas ao Tribunal por outro brasileiro, Vicente Carelli.

O presidente da Funai, Coronel Nobre da Veiga, comentou a escolha de Mário Juruna para presidência do Tribunal fazendo críticas. Nobre da Veiga também elogiou o trabalho do sertanista Orlando Villas Boas, rebatendo as afirmações negativas a respeito do sertanista proferidas pelo cacique Juruna.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.