VOLTAR

E mais

Jornal da Tarde (São Paulo-SP)
07 de mai de 1981

José Nobre, 26 anos, da etnia Tuxá, que trabalhava na Companhia de Água e Esgoto de Brasília, na Granja do Torto, está desaparecido desde o dia 20 de março. Em nota, o Cimi questionou por que a Funai só iniciou as buscas vinte dias depois do desaparecimento.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.