VOLTAR

Duas tribos se unem no Paraná e retomam suas terras

Jornal do Brasil (Rio de Janeiro - RJ)
19 de ago de 1980

Um mil e duzentos Kaingang e Guarani Mbya se uniram no Paraná na decisão de retomarem, pacificamente, os quase 9 mil hectares de terras que haviam sido vendidas pelo governo para a Slaviero Indústria de Madeira.

O Ministro do Interior, Mário Andreazza, disse que a Funai pode ter-se enganado no estudo do território do Xingu, acabando por conceder certificados de posse de terra em área dos Kayapó Metuktire.

A Funai iniciou a demarcação de duas TIs no município de Tarauacá (AC), as primeiras do Estado.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.