VOLTAR

A difícil tarefa de alfabetizar sem deseducar

Porantim (Brasília - DF)
30 de jun de 1986

Reportagem sobre a temática da educação indígena. Em seu início, o texto desarticula as noções de educação e alfabetização, destacando que ambos não são sinônimos, para lembrar a difícil tarefa de alfabetizar populações indígenas sem causar sua "deseducação". Usando as memórias relacionadas à catequese promovida por José de Anchieta aos índios, no século XVI, o texto busca demonstrar as particularidades e sistemas próprios nativos, em oposição ao sistema educacional da sociedade nacional. A reportagem usa como exemplos os trabalhos desenvolvidos junto aos índios Kulina, Menky Manoki, Tapirapé e Ticuna.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.