VOLTAR

Devastação na Amazônia será fiscalizada de estação orbital

O Globo (Rio de Janeiro - RJ)
18 de mar de 1989

O desmatamento da Amazônia, as barragens de hidrelétricas, lagos naturais e áreas de exploração mineral estão entre os principais alvos a serem observadores por cientistas americanos e europeus a bordo da estação orbital Liberdade - a ser lançada em 1995 -, auxiliados por sensores especiais e câmaras fotográficas que transmitirão informações para o Inpe, em São Paulo.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.