VOLTAR

Deputados ouvirão a Igreja sobre o Estatuto do Índio

Jornal do Brasil (Rio de Janeiro - RJ)
07 de set de 1972

Parlamentares da Comissão de Constituição e Justiça da Câmara asseguraram a um representante da CNBB que o projeto do Estatuto do Índio só será aprovado por aquela instância após serem ouvidos os representantes da Igreja Católica. A informação diz respeito à existência de dois projetos de Estatuto: um elaborado pelo governo, outro elaborado pelo Cimi. Há diversas divergências entre os dois, estando as principais nas formas de identificar e classificar os povos indígenas.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.