VOLTAR

Decreto polêmico

Folha de S.Paulo (São Paulo - SP)
23 de jan de 1996

Desde a publicação do decreto 1.775, cinco lideranças indígenas encaminharam carta ao primeiro-ministro da Alemanha pedindo a suspensão temporária do convênio de US$ 20 milhões para demarcação de áreas indígenas no Brasil. Também, indígenas tembés, timbiras, guajajaras e cayapós que mantiveram cinco funcionários da Funai, afirmam que vão para a guerra caso o decreto não seja revogado. Também, agricultores protestaram em Dourados contra a demarcação da TI Panambizinho.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.