VOLTAR

Decreto estabelece emancipação gradativa para índio

O Estado de S.Paulo (São Paulo - SP)
17 de nov de 1978

Rangel Reis divulgou ontem o decreto que dispõe sobre o desenvolvimento dos povos indígenas, a tutela pela Funai e o processo de emancipação indígena. O ministro afirmou, porém, que o mesmo ainda não será assinado pelo presidente da República, embora já esteja em suas mãos. Durante reunião com lideranças Xavante, Rangel ouviu dos índios que deveria "rasgar o projeto" e enterrar essa ideia. Os indígenas deixaram claro que não querem ser emancipados, pois necessitam da Funai. Além disso, apontaram o atual presidente da Funai, general Ismarth, como "o menos pior" para continuar na direção do órgão. A reportagem apresenta a íntegra do projeto divulgado.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.