VOLTAR

Comunidade indígena no Acre está cercada pelo tráfico

Tribuna da Imprensa
09 de ago de 1991

Os Ashaninka denunciaram ontem ao Procurador Geral da República que nos últimos meses vêm recebendo ameaças de morte por parte de narcotraficantes. A notícia trata ainda do aumento do número de suicídios entre os Guarani Kaiowá nos últimos anos.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.