VOLTAR

Cimi reage à expulsão do Alto Purus e critica Funai

O Estado de S.Paulo (São Paulo - SP)
24 de dez de 1976

A coordenação da Regional Norte I do Cimi divulgou um documento protestando contra a proibição, da parte do presidente da Funai, general Ismarth, ao trabalho missionário de três religiosos na região do Acre e do Rio Purus, desenvolvido junto aos Kulina e às populações ribeirinhas. Além disso, a Igreja Católica, através da CNBB, divulgou seus novos objetivos de trabalho, focados na urbanização crescente da sociedade brasileira e nas famílias. Por fim, a notícia traz a informação de que o ministro do Interior Rangel Reis defende a política de emancipação indígena como meta para o próximo ano.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.