VOLTAR

Cimi prevê que conflitos ainda vão se agravar

O Estado de São Paulo (São Paulo-SP)
Autor: Roldão Arruda
29 de ago de 2003

O Conselho Missionário Indigenista prevê que o conflito entre índios e proprietários pela posse da terra deve se intensificar. Segundo seus dirigentes, o governo está protelando decisões sobre demarcações de reservas, o que causa reações por parte das comunidades indígenas e agrava a tensão com os fazendeiros. Eles ainda apontam que havia esperança de que o presidente Lula agiria com rapidez e homologaria todos os processos de demarcação de terras indígenas, mas que ele tem agido com lentidão, que seria causada por pressões de governadores e políticos ligados a ruralistas, que tentam impedir a demarcação.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.