VOLTAR

Caiabis mantêm 15 pessoas reféns em MT

FSP, Brasil, p.A9
20 de dez de 2005

Caiabis mantêm 15 pessoas reféns em MT

Índios caiabis mantêm reféns 14 homens e uma mulher na aldeia Cururuzinho, na divisa de Mato Grosso com o Pará, desde terça passada.
Os reféns foram levados à aldeia porque, conforme os índios informaram à Funai, estavam extraindo madeira dentro dos limites da terra indígena, cuja demarcação está suspensa por liminar da Justiça Federal.
Payê Kayabí, administrador regional da Funai para o Parque Xingu, chegou à aldeia na quinta-feira para negociar a libertação dos reféns. Das 32 pessoas detidas inicialmente, 17 foram libertadas. Segundo um funcionário da Funai, os reféns passam bem e não sofreram violência física.

FSP, 20/12/2005, p. A9.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.