VOLTAR

Brasil quer gerir exploração do mogno

Gazeta Mercantil, p.C4 (São Paulo - SP)
11 de nov de 2002

O governo brasileiro é contra a inclusão do mogno no Anexo II da Cites. O argumento é da equipe de negociadores do Brasil é que impedimentos no comércio internacional, que podem surgir com a mudança, atentariam contra a meta de valorização dos recursos naturais e sua utilização de forma sustentável.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.