VOLTAR

Antropólogos contestam a Funai

Jornal de Hoje
01 de abr de 1982

Um grupo de 15 antropólogos e sociólogos maranhenses divulgou nota de solidariedade ao professor Mércio Gomes, acusado pelo delegado regional da Funai de responsável pela morte de índios Guajá no Vale do Pindaré.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.