VOLTAR

Antropólogo critica trabalho da Funai

O Estado de São Paulo
18 de ago de 1979

O processo de retirada dos índios Parakanã da reserva de Pukuruí, no Pará, onde será construída uma barragem da Eletronorte, está parado. O antropólogo Antonio Carlos Magalhães, durante reunião da Comissão Pró-Índio, criticou severamente a maneira como o problema vem sendo encarado pelas autoridades e pela própria Funai.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.