VOLTAR

Acusação do Cimi é rejeitada

O Estado de São Paulo
16 de jun de 1982

Os agricultores da região de Chapecó (SC) não aceitam as acusações de que as terras quer ocupam pertencem a um grupo de índios Kaingang. O Cimi sustenta que a área era administrada até 1944 pelo extinto Serviço de Proteção ao Índio, e que aos poucos foram as 54 famílias de índios foram perdendo suas terras para os colonos.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.