VOLTAR

Biodiversidade e agrobiodiversidade como legados de povos indígenas.

FAÇA O DOWNLOAD

Tamanho: 20.73 MB  |  Formato: PDF

Seção 6 do livro Povos tradicionais e biodiversidade no Brasil: contribuições dos povos Indígenas,  quilombolas e comunidades tradicionais, para a biodiversidade, políticas e ameaças.

Os textos escritos por arqueólogos, ecólogos e antropólogos trazem uma síntese do conhecimento atualmente disponível sobre o papel das práticas de conhecimentos dos povos indígenas no passado na construção da agrobiodiversidade e parte da biodiversidade do Brasil contemporâneo. O foco principal é o longo período de mais de 10.000 anos transcorrido desde a transição entre o Pleistoceno e o Holoceno, ao redor de 11.000 anos atrás, até o início da colonização europeia, há cerca de 500 anos. A maior parte das discussões vem de estudos de caso da Amazônia, região onde pesquisas sobre o tema têm sido mais avançadas nos últimos anos.