VOLTAR

Tutela e emancipação do índio

Diário de Pernambuco
Autor: Adair Pimentel Palácio
18 de mai de 1982

Neste artigo, Adair Palácio, professora do Dpto. de Letras da UFPE, argumenta que o povo Guató vive entre a tutela do Estado e a emancipação, não se encaixando plenamente em nenhuma das duas condições. De acordo com o autor, apesar de nunca serem tutelados, os Guató nunca se integraram completamente, resultando num processo de aculturação marginalizada e na desinformação deste povo sobre seus direitos.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.