VOLTAR

Terras indígenas terão nova demarcação

Correio Braziliense (Brasília - DF)
16 de nov de 1995

O presidente da Funai, Márcio Santilli, deu a notícia de que o decreto 22/91 será alterado. A proposta defendida pelo ministro da Justiça, Nelson Jobim, estabelece o princípio do contraditório, com efeito retroativo, possibilitando aos proprietários de terras pertencentes aos indígenas o questionamento das demarcações, inclusive de terras indígenas já demarcadas e que não tenham registro em cartório ou no SPI. Algumas áreas indígenas com grande interesse de madeireiros, garimpeiros etc. porém estão salvas, como a TI Yanomami, TI Menkragnoti. A TI Raposa Serra do Sol é um dos principais alvos.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.