VOLTAR

Tembés vêm resolver problema de invasão

O Liberal
30 de mai de 1995

Os índios Tembé, da reserva do Alto Rio Guamá, iniciam, nesta terça-feira, no auditório da Procuradorio Regional da República, mais um capítulo da luta que travam há duas décadas pela retirada de invasores de suas terras. Recentemente a reserva foi demarcada e homologada pela Presidência da República. Os índios aguardam, otimistas, a sentença final do juíz Ruy Costa Gonçalves, referente à disputa entre a Funai e o fazendeiro Mejer Kabacznik, que disputam o direito sobre uma área da reserva indígena. O fazendeiro, inclusiva, é o responsável pelo início das atividades de retirada de madeira na reserva, por causa da construção de uma estrada que facilitou o acesso a madereiras. Os Tembé tentarão definir na reunião - da qual participarão técnicos da Funai, representantes do Ibana, Incra, Iterpa e Fetagra - mecanismos que possam viabilizar a retirada dos invasores. A notícia também se refere a outras reuniões que deverão se realizar com os índios Tembé nas próximas semanas, para tratar de outros problemas que eles vêm enfrentando.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.