VOLTAR

Tembés redescobrem sua cultura, mas estão em guerra

Diário do Pará
Autor: Hamilton Braga
05 de fev de 1993

No artigo, o autor afirma que os índios Tembé, da reserva indígena Alto Rio Guamá, estão, desde o início da década de oitenta, retomando sua cultura, que teria se perdido devido à invasão de suas terras e consequente contato, muitas vezes predatório, com o hemem branco. Deste modo, segundo o autor, apesar dos conflitos quase que incessantes na região, estaria havendo com povo Tembé algo como um renascimento cultural, um reavivamento de seuas tradições, ao mesmo tempo que brigam por suas terras, legalmente demarcadas. Faz sugerir o autor que o fato de se terem unido para lutar por seu território teria de algum modo facilitado a retomada de suas tradições. Depois, o autor traça um histórico dos problemas que esses índios vêm enfrentando há tantos anos, e fornece algumas tantas informações sobre eles.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.