VOLTAR

Satélites registram focos de calor em terras indígenas de MT

A Notícia Digital - www.anoticiadigital.com.br
12 de jul de 2008

Terras indígenas em pelo menos cinco cidades mato-grossenses já têm focos de calor registrados por satélites do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe). Levantamento divulgado no fim da tarde desta sexta-feira aponta que, nas últimas horas foram verificados 36 focos de calor por quatro diferentes satélites.

A Terra Indígena Marechal Rondon, em Paranatinga, foi a que registrou o maior número de focos: foram 8 pelos satélites Aqua e Noaa-18 e três pelo Meteosat-02. Os outros focos, de acordo com o Inpe estão nas Terras Indígenas Urubu Branco (Confresa), Paresi (Tangará da Serra), Utiariti (Campo Novo do Parecis) e no Parque do Xingu (Querência).

A partir do dia 15 de julho até o dia 15 de setembro estarão proibidas as queimadas em todo o Estado. No período de proibição, além da conscientização, devem ser usadas aeronaves e produtos específicos que impedem a propagação do fogo em locais onde possivelmente ocorram queimadas.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.