VOLTAR

Proposto monopólio estatal da madeira

O Estado de S.Paulo (São Paulo - SP)
12 de out de 1979

As florestas nacionais, que deverão ter área mínima de 60 milhões de hectares na Amazônia, terão seus recursos madeireiros explorados exclusivamente pelo governo, que fornecerá matéria-prima às madeireiras. As empresas que não utilizarem madeira oriunda das florestas nacionais não poderão receber estímulos fiscais ou financeiros de qualquer esfera de governo.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.