VOLTAR

Preço da madeira inviabiliza reflorestamento

Gazeta Mercantil (São Paulo - SP)
26 de mar de 1992

No mercado internacional, o preço do metro cúbico de mogno, girou em torno de RS$ 350,00. Uma árvore extraída da floresta com capacidade para fornecer de 5 a 6 metros cúbicos de madeira dificilmente atinge um preço superior a US$ 30,00. Distorções como essa, na avaliação do pesquisador Jean Dubois, presidente da Rede Brasileira Agroflorestal, tornam hoje o manejo sustentável da Amazônia antieconômico para os pequenos proprietários e para as madeireiras.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.