VOLTAR

Portas são abertas a indígenas

A Crítica (Manaus - AM)
27 de mar de 1997

Indígenas amazonenses poderão ingressar na Universidade do Amazonas através de um sistema diferenciado de vestibular, atendendo a um pedido da Foirn e da Omittas. Uma comissão foi encarregada de estudar o projeto e definir legalmente esta modificação no Estatuto e Regimento da Universidade.
A Foirn foi criada em 1995 para reivindicar a demarcação de terras indígenas na região do Rio Negro, sendo composta por vinte e três organizações de base distribuídas ao longo dos rios da bacia do Rio Negro.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.