VOLTAR

País tem 3.000 quilombos remanescentes

O Estado de S.Paulo (São Paulo - SP)
15 de abr de 1995

O governo federal estima em 3.000 o número de quilombos remanescentes no Brasil. O contingente, no entanto, não tem sido suficiente para fazer valer uma lei aprovada na Constituinte, que obriga o governo a dar títulos de posse de terra a remanescentes de quilombos. O artigo 68 das disposições transitórias da Constituição nunca foi aplicado e os remanescentes de quilombos vivem em conflitos de terra.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.